terça-feira, 9 de março de 2010

Pai no asilo

Um amigo nosso levou seu velho pai para um asilo. Sentou o velhinho num sofá na sala de espera e foi à recepção.

O velhinho começou a pender, vagarosamente, para a esquerda. Um médico passou por perto e disse:

- Deixe-me ajudá-lo.

E empilhou vários travesseiros no lado esquerdo para mantê-lo ereto.

O velhinho começou a pender, vagarosamente, para a direita.
Um funcionário percebeu e empilhou mais travesseiros no lado direito.

O velhinho começou a pender para frente. Então, passou por ali uma enfermeira que empilhou vários travesseiros na frente dele.

A essa altura, o filho retorna:

- E então, pai, este parece um lugar agradável, não?

O velhinho respondeu:

- Parece que sim. Todos são muito atenciosos... Só não deixam a gente peidar!
>