quinta-feira, 31 de março de 2011

Adeus mamãe

Espero que essa história chegue ao seu coração, tanto como chegou ao meu...

Um homem jovem estava fazendo compras no supermercado, quando notou que uma velhinha o seguia por todos os lados.
Se ele parava, ela parava e ficava olhando para ele.
No fim, já no caixa, ela se atreveu a falar com ele, dizendo:
'Espero que não o tenha feito se sentir incomodado; mas é que você se parece muito com meu filho que faleceu.
O jovem, com um nó na garganta, respondeu que tudo estava bem, que não havia problema.
A velhinha lhe disse, então: ?
'Quero lhe pedir algo incomum.'
O jovem lhe respondeu:
'Diga-me em que posso ajudá-la.'
'Queria que você me dissesse 'Adeus, Mamãe', quando eu me for do supermercado, isso me fará muito feliz!'
O jovem, sabendo que seria um gesto que encheria o coração da velhinha,aceitou.
Então, a velhinha passou pela caixa, após ter registrado as suas muitas compras. Aí, se voltou sorrindo e, agitando sua mão, disse: 'Adeus, filho!'
Ele, cheio de amor e ternura, lhe respondeu efusivamente: 'Adeus, mamãe!'
Ela se foi e o homem ficou contente e satisfeito pois, com certeza,havia dado um pouco de alegria à velhinha. E, então, passou suas compras.
'São R$ 554,00'; lhe disse a moça do caixa.
'Por que tanto, se só levo estes cinco produtos?'
E a moça do caixa lhe disse:
'Sim, mas sua mãe disse que você pagaria pelas compras dela
também...'

P.S.: Até os canalhas envelhecem!

Que velhinha danada!!!
E vc aí, quase chorando...
rsrsrs.
>