quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

O Saber Feminino


"Eu sou aquela mulher que fez a escalada da montanha da vida removendo pedras e plantando flores”.
Cora Coralina, poetisa 






“Há dois tipos de pessoas: as que fazem as coisas e as que ficam com os louros. 
Procure ficar no primeiro grupo: há menos com-petição lá”.
Indira Gandhi, estadista






“Amor é como mercúrio na mão. Deixe a mão aberta e ele permanecerá; agarre-o firme e ele escapará”.
Dorothy Parker, escritora






“Você não pode escolher como vai morrer ou quando. 
Você só pode decidir como viver para que não tenha sido em vão.”
Joan Baez, cantora






“Aprendi com as primaveras a me deixar cortar e voltar inteira”.
Cecília Meireles, poetisa






“Dai-me, Senhor, a perseverança das ondas do mar, 
que fazem de cada recuo um ponto de partida para um novo avanço”.
Gabriela Mistral, poetisa






“Nada na vida deve ser temido, somente compreendido. 
Agora é hora de compreender mais para temer menos”.
Marie Curie, física






“Quando uma porta da felicidade se fecha, outra se abre. 
Muitas vezes ficamos tanto tempo olhando para a porta fechada que não vemos a que se abriu.”
Helen Keller, 
Cega, surda e muda desde bebê, Helen tornou-se educadora, escritora e advogada. 
Revelou uma incrível capacidade de superação e notável inteligência.





 “Não devemos permitir que alguém se afaste de nós sem sentir-se melhor e mais feliz.”
Madre Teresa de Calcutá


Fotos retiradas do blog  http://algarve-saibamais.blogspot.com



4 comentários:

Taty Barbosa disse...

Oi sou contadora de historia e tbém tenho um blog, te encontrei porque procurava um figura legal e acabei achando aqui em seu blog.
Parabéns pelo blog e adorei apostagem feminina.
se pode faça-me uma visita.
http://cntdrdehistoria.blogspot.com

Liz Albuquerque disse...

lindas as frases! ;)

seguindo o blog!
http://theredlilshoes.blogspot.com/

O Profeta disse...

Um sótão cheio de lembranças
Escrevi no pó palavras sem nexo
Retirei uma cartola de uma caixa de cartão
E senti ao toque o poder da ilusão

Ilusões…
Um cavalo de pau perdido ao carrocel
Uma estola de um bicho qualquer
Uma escultura talhada a cisel

Uma foto a preto e branco
De uma mulher sem rosto
Uma janela virada para nenhum lado
Uma traquitana a imitar o sol-posto
Terno abraço

Liz Albuquerque disse...

passando para desejar um ótimo final de semana!


http://theredlilshoes.blogspot.com.br/

>